sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Artesanato



Até o digo,
Que não há preto no branco, muito menos o reverso.
Pego uma agulha afiada e esquento-lhe a ponta.
Depois perfuro um pano de fundo negro deixando que a luz penetre por pequenos orifícios talhados na brasa. Mas seus olhos só vêem palavras. O que confunde os olhos ofusca a mente.